A nossa missão aqui na Cubos Academy é transformar a realidade por meio da educação, formando talentos conectados com as demandas do mercado de tecnologia. Por isso,  estimulamos nossos estudantes a fazerem parte dessa transformação! Ao final das turmas de UX/UI Design, os desafiamos a entregarem projetos que, de alguma forma, transformem a realidade, causando um impacto positivo no mundo em que vivemos.

Todos nós podemos ser agentes transformadores da nossa realidade, e ao longo deste texto, você vai ver algumas amostras de que UX/UI Designers podem, sim, fazer parte dessa transformação.

Com isso em mente, vamos agora conferir os resultados dos projetos finais da Quarta Turma de UX/UI Design da Cubos Academy! Spoiler: eles estão incríveis!

Ao final, você também consegue ter acesso aos projetos das turmas passadas.

Equipe: É sobre issUX

Integrantes: Ana Claudia de Almeida Bueno, Caroline Andrade Rocha, Jeferson Ruan dos Santos Pereira, Juliana Braga G Affonso, Letícia Brandão Casaes Monteiro Machado e Sérgio Deminco.

Questão social: “Como ajudar pessoas que estão desempregadas?”

Projeto Doroti: foi pensado com o objetivo de auxiliar mulheres que buscam ingressar na área de tecnologia, encontrando vagas, cursos e mentorias, e também de ajudar os recrutadores que buscam potenciais candidatas qualificadas para suas vagas.

A grande dor a ser resolvida é a insegurança das mulheres em aplicarem para vagas. Além disso, o app ofereceria vagas exclusivamente selecionadas por compatibilidade de perfil, cursos mais indicados de acordo com a renda da usuária e outras funcionalidades.

O aplicativo foi nomeado em homenagem à Dorothy Vaughan, primeira mulher negra a ser designada como chefe de departamento da NACA (Atual NASA). DORO: Dorothy Vaughan / TI: Tecnologia e Inovação.

A estudante Ana Bueno descreveu todo processo de concepção do projeto aqui.

Equipe: Ué quis, uai!

Integrantes: Aimée Bruzzi, Arthur Alves, Carla Fabrícia Proença Leite Medeiros, Fernanda Caetano Beraldi, Roana Vita Silveira e Sabrina Queiroz.

Questão social: “Como ajudar no combate da violência contra a mulher?”

Projeto Nós: tem como recorte "Como ajudar no combate à violência psicológica contra mulheres de 40 a 60 anos?" O projeto foi concebido como um canal de informações voltado para mulheres que já sofreram ou conhecem alguém que sofreu violência psicológica, assim como um canal de encontro para essas mulheres, possibilitando a criação de uma rede de apoio.

O app NÓS oferece a essas mulheres um ambiente confiável, seguro e gratuito repleto de informações simplificadas que possibilitam o compartilhamento de vivências, o conhecimento de histórias de outras mulheres e ainda o acesso a especialistas que podem ajudar a melhorar a saúde mental dessas mulheres.

O nome representa a união entre as mulheres e a inclusão delas no grupo. O logotipo representa esse elo que há entre elas, dando senso de unidade.

A estudante Fernanda Beraldi fez um artigo com todo o desdobramento do projeto, você pode acessá-lo através deste link aqui.

Equipe: Dipirona

Integrantes: Aline Amorim Fernandes, Bianca Brito Cruz, Caio Vinícius Marinho Soares dos Santos e Danielle França da Silva.

Questão social: “Como ajudar empresas do ramo de turismo num mundo pós-pandêmico?”

Projeto DipironaTrip: foi pensado para ser um aplicativo de viagens que possui uma comunidade dentro do próprio app, onde as pessoas conseguem trocar experiências, indicações e impressões sobre o local e possíveis passeios.

Ao participar desta comunidade, o usuário ganharia benefícios no próprio app. Além disso, conseguiria filtrar os locais de estadia pelo tipo de viagem a ser feita, e ter uma aba que documentaria todas as viagens feitas pela pessoa.

Equipe: UXcalibur

Integrantes: Beatriz Milagre Miranda, Brena Vaz, Bruna Seabra Desiderio, Juliana Guapiassu, Marcos Filipe Ferreira Rodrigues e Sarah Guimarães Chitarra.

Questão social: “Como poderíamos recriar relações no mundo pós pandêmico?”

Projeto Girô: foi concebido com o objetivo de auxiliar pessoas mentalmente abaladas pelo isolamento da pandemia a realizarem boas atividades juntamente com pessoas próximas, recriando os laços antes perdidos. As pessoas que cumpriram o isolamento social ficaram com sua saúde mental abalada, por conta do distanciamento, e enfraqueceram os laços com suas relações mais próximas.

O aplicativo tem seu foco em recomendar de forma personalizada atividades próximas da localização escolhida, baseado em perguntas respondidas pelo usuário ao iniciar o cadastro de seu perfil, de forma a incentivar a reconexão entre as pessoas. Para a criação do perfil, seriam levados em conta traços de personalidade e saúde mental.

Equipe: ResidUX

Integrantes: Bruna Guimarães de Sousa e Silva, Carolina Penalber, Fabiano Costa, Italo Marques, Mateus Boldo e Pedro Henrique de Souza.

Questão social: “Como auxiliar pessoas na gestão do lixo que geram?”

Projeto Reciclata: tem como recorte “Como auxiliar pessoas de 25-40 anos, 
classe média e baixa, na gestão dos resíduos que geram?” e o aplicativo foi pensado com o objetivo de unir pessoas de um mesmo bairro que se interessam por reciclagem e que necessitam de informação, motivação e engajamento para continuar fazendo a sua parte.

No aplicativo é possível cadastrar perfis de catadores e seus contatos, para que seja mais fácil entrar em contato e coletar o material separado, além disso, tem um feed de notícias relacionado ao assunto e os pontos de coleta próximos, separados por tipo de material - facilitando a reciclagem!

A estudante Carolina Penalber compartilhou todo projeto e etapas de desenvolvimento neste artigo aqui!

Equipe: Onde Clica?

Integrantes: Alexandra Passos Borges, Guilherme Rocha, João Gabriel Garçon Ribeiro, Luis Eduardo Nery Stadler e Marcia Silva Gomes.

Questão social: “Como poderíamos proporcionar inclusão digital para os idosos?”

Projeto VóTech: foi criado com o objetivo de ajudar idosos a se sentirem mais seguros no uso das tecnologias, sejam elas telefones celulares ou computadores.

O app conectaria os idosos com problemas com eletrônicos, e ofereceria assistentes que auxiliariam na resolução do problema através de uma chamada de vídeo. Seria possível também contar com ajuda dos assistentes para aprender a fazer algum pagamento online ou outro serviço que o idoso desejasse realizar online, mas não saberia muito bem como fazer.

Equipe: UXmen

Integrantes: Letícia Bastos de Macedo, Sandra Meaurio de Carvalho, Virgínia Kihara e Vitor Tourinho.

Questão social: “Como melhorar a conscientização com relação ao abandono e maus tratos de pets?”

Projeto Petverso: foi criado para ser um aplicativo que reúne várias funcionalidades voltadas para os cuidados com o pet: carteira de vacinação, contato com veterinários, ONG's e notícias sobre o mundo animal que podem auxiliar o cuidado com o pet.

No app é possível cadastrar o perfil de cada pet e colocar suas informações relevantes; além disso, por meio de notificação, os donos vão sendo avisados sobre vacinas que precisam ser tomadas, alguns cuidados diários e notícias que se relacionam ao pet, como eventos próximos etc.

Equipe: Fênix

Integrantes: Anatiane Vieira, André Asafe Cordeiro da Silva, Josana Nishihira, Leticia Murbak e Roberta Mascarenhas.

Questão social: “Como estimular a educação financeira para crianças e adolescentes?”

Projeto LisTeen: foi pensado para ser um aplicativo com dois usos: para os pais e para os filhos. Os pais conseguiriam controlar tarefas que poderiam ser domésticas, relacionadas à escola ou a vida de maneira geral, e cada tarefa teria uma recompensa em caso de cumprimento, e uma multa, em caso de descumprimento.

Os filhos, por sua vez, colocariam no aplicativo seus desejos, tanto a curto prazo, como ir em um aniversário, quanto a longo prazo, como comprar um tablet novo.

Além dessas recompensas e multas, existem aulas diárias relacionadas a educação financeira, e muitas outras funcionalidades.

Equipe: Lumos

Integrantes: Bruna Duimoulin Gomes da Silva, Jessica da Silva Costa, Jéssica Lopes Camargo e Luciene Babmare.

Questão social: “Como aumentar a participação cidadã nas decisões governamentais?”

Projeto Sua Vez: foi criado como um aplicativo que permite que cidadãos acompanhem projetos de lei, votem a favor ou contra um projeto ou enviem feedbacks sobre projetos governamentais.

É possível criar alertas sobre temas de leis que sejam interessantes de acompanhar, além de ter um feed de notícias com as últimas atualizações políticas.

Equipe: StormX

Integrantes: Breno Palmeira De Britto Lyra, Deborah Tahis Da Costa Ferreira, Diogo Simões Da Costa Vilar, Edson Mesquita, Josney Rodrigues Da Rosa e Luciano Leis.

Questão social: “Como trazer diversidade e inclusão para o mercado de tecnologia?”

Projeto MentorAlly: foi concebido para ser uma plataforma com foco em ajudar as pessoas da comunidade LGBTQIA+, sendo um ambiente seguro para pedir ou oferecer ajuda, fazendo a união entre pessoas dispostas a ajudar (Mentor) e pessoas que precisam de ajuda (Ally).

Como um Ally, o usuário pode pedir ajuda sobre qualquer categoria disponível, ou escolher entre as ofertas de ajuda das pessoas mentoras. Caso seja uma pessoa Mentora, pode aceitar um pedido de ajuda ou criar suas ofertas de ajuda para Allies que precisem.

Equipe: Júpiter

Integrantes: Angra Velasques, Isis Marques e Rosana Duarte da Costa.

Questão social: “Como ajudar empresas do ramo de turismo num mundo pós pandêmico?”

Projeto Voli: foi pensado para ser um aplicativo que conecta pessoas que querem se voluntariar a hostels que precisam de prestadores de serviços, em diferentes cidades, e anunciam vagas disponíveis na plataforma.

Existem manuais de boas práticas tanto para o hostel quanto para os voluntários. Depois do cadastro feito na vaga, o hostel avalia e seleciona os candidatos na própria plataforma.


Os nossos estudantes nos enchem de orgulho! O aprofundamento na teoria de UX/UI Design é nítido com esses projetos cheios de técnica aqui apresentados.

Foram quatro meses de dedicação aos estudos, e muita prática, que refletiram na qualidade das entregas da turma. Estão todos e todas de parabéns! Mais uma vez, mostramos como todos somos capazes de transformar a realidade que vivemos através do UX/UI Design.

Os projetos da primeira, segunda e terceira turma de Design UX UI também foram incríveis! Vale a pena conferir!

Conheça o Curso de Design UX/UI da Cubos Academy!

As demandas do mercado de Tecnologia são inúmeras, mas estamos sempre buscando o que tem de mais atual no mercado de Design UX/UI para passarmos aos nossos estudantes.

Formamos UX Designers prontos para o mercado de trabalho e cientes da possibilidade de transformação da realidade através da sua profissão.

Matricule-se no Curso de Design UX/UI da Cubos Academy e faça parte da próxima turma a transformar a sociedade através do UX UI Design!