O JavaScript é hoje a linguagem mais utilizada no mundo, inclusive no Brasil, o que faz com que aprendê-la seja um bom primeiro passo em programação. Para quem já domina o seu uso, existe também uma tecnologia que é a sua evolução, um superconjunto especial do JavaScript, o TypeScript, que adiciona novas funções a essa linguagem.

Este super set vem em constante crescimento ao redor do mundo e, por ser considerada a evolução do JavaScript, promete ser o futuro da programação.

Se você ainda não ouviu falar desta tecnologia e quer saber qual a diferença entre as duas mencionadas, leia este texto até o final, que temos certeza que você vai responder a este questionamento.

Para começar, é interessante você entender que o TypeScript proporciona uma arquitetura mais sólida ao código, proporcionando maior segurança para o desenvolvedor e permitindo a escalabilidade de códigos em JavaScript. Basicamente, essa tecnologia melhora o que já era bom.

Assim, aprender TypeScript requer conhecimentos prévios de JS e/ou de lógica de programação. Se você já tem estes requisitos e quer ter um diferencial competitivo em vagas de tecnologia, você não pode perder o conteúdo deste texto.

Vamos lá?! ;)

A importância de TypeScript e JavaScript no mercado de programação

O JavaScript (JS) vem há 7 anos sendo a linguagem mais utilizada ao redor do mundo, e apesar de ter sido criada para rodar em navegadores, hoje em dia, graças às suas diversas bibliotecas, já é possível utilizar JS para mobile, games e até aplicações em Back-end!

JS é a linguagem responsável pelas respostas que o usuário recebe na aplicação, como quando os elementos mudam de cor ou se movem ao serem clicados. Isso  acontece porque esta é uma linguagem client-side, ou seja, roda no hardware do usuário, sem precisar enviar informação a qualquer ambiente externo. É por isso que as respostas às interações conseguem ser instantâneas.

Pela sua ampla exploração por desenvolvedores em todo o mundo e consequente fortalecimento de sua comunidade, aplicações em JavaScript conseguem funcionar em qualquer sistema operacional: iOS, Android ou Windows.

O desenvolvimento em JS é praticamente um trabalho em grupo, considerando que qualquer coisa que você pense em fazer com a linguagem provavelmente já foi pensada e testada antes. É só procurar a resposta - e reforçando, a comunidade de JS nos quatro cantos do mundo é imensa!

Se você quiser saber mais, confira o Guia Definitivo de JavaScript.

O TypeScript (TS), por sua vez, é um superset do JavaScript, que adiciona novos recursos a essa linguagem, possibilitando a criação de aplicações mais estruturadas com maior capacidade de escalabilidade.

Ou seja, o TypeScript, no final das contas, é potencializador das características do JS. Por ter uma tipagem estática (diferentemente de JavaScript), desenvolver em TS acaba sendo mais seguro, pois enquanto a aplicação está sendo implementada, os erros vão sendo identificados, de forma diferente do que acontece com JS.

Portanto, TypeScript consegue trabalhar muito bem com tudo o que o JS tem, mas adiciona uma sintaxe que permite o desenvolvimento de aplicações mais escaláveis sem ter tantos problemas de estrutura. A junção dos conhecimentos em JavaScript e Typescript é poderosa!

Segundo uma pesquisa realizada pelo GitHub, JavaScript lidera o ranking de linguagens mais utilizadas no mundo, desde 2014, e TypeScript já é a 4ªmais usada.

Desde 2020, Typescript ocupa o lugar de PHP no ranking de 5 linguagens mais utilizadas, movimento que indica que a tecnologia tem crescido mais a cada dia! Sendo assim, tanto JS quanto TS são tecnologias interessantíssimas de se aprender em programação, uma vez que ambas fornecem inúmeras oportunidades.

Principais diferenças entre JavaScript e TypeScript

Apesar de parecerem similares, existem diferenças expressivas entre JavaScript e TypeScript, e agora vamos mostrar algumas.

A similaridade acontece porque TypeScript é uma tecnologia que nasceu do JavaScript, e foi criada pela Microsoft por conta da dificuldade em desenvolver grandes códigos escaláveis com o JS - afinal, originalmente, ela não foi criada para isso.

Desta forma, o TypeScript já nasce com este diferencial: a possibilidade de escalar uma aplicação.

Tipagem estática x Tipagem dinâmica

O JavaScript não permite que sejam criadas classes, nem que se trabalhe com módulos, pois a sua tipagem é dinâmica, o que pode aumentar a taxa de ocorrência de erros. Isto porque a checagem do tipo é feita durante a execução do código!

O Typescript, por sua vez, tem uma tipagem estática, o que pode ser uma das suas principais vantagens, pois ela obriga o desenvolvedor a criar códigos mais organizados, e a checagem do tipo é feita ainda durante a compilação.

Em Typescript, os erros são apontados durante a fase de desenvolvimento, o que diminui muito a ocorrência de falhas no código após a implementação. Sim, TS diminui as chances de o cliente ou usuário vir até você alegando erros no momento em que a aplicação estava rodando.

Estes aspectos de TypeScript dão uma segurança consideravelmente maior à equipe de desenvolvimento, mas isso não invalida os benefícios de JavaScript!

Linguagens de tipagem dinâmica tornam o desenvolvimento mais célere e flexível, o que tem seus lados positivos e negativos para quem está começando, como qualquer outra tecnologia. JS não é a mais utilizada do mundo à toa, não é mesmo?

E para quem já tem noções de JavaScript, aprender TypeScript é definitivamente o próximo passo mais estratégico e que pode trazer mais resultados positivos, falando de mercado de trabalho.

Segurança x permissividade ao implementar o código

Existe uma diferença fundamental entre TypeScript e JavaScript, que pode ser explicada de forma descontraída, usando exemplos de amizades:

  • JavaScript é aquele amigo permissivo, que deixa você fazer o que quiser, como quiser;
  • TypeScript é o colega rigoroso, que não deixa você fazer "besteira" e te avisa quando você passa dos limites e desobedece regras.

Nenhum dos dos tipos de amizades é ruim - cada uma delas é importante em momentos específicos!

A liberdade que JavaScript proporciona é interessante (sendo uma espécie de "folha em branco" que pode ser preenchida de qualquer forma), assim como a segurança que TypesScript oferece. Inclusive, ter conhecimentos das duas tecnologias é bastante interessante!

Não é à toa que ambas estão no TOP5 de tecnologias de programação mais utilizadas no mundo.

Se você quiser saber um pouco mais sobre TypeScript, confira uma entrevista que saiu no nosso podcast "Debug is on the table" com o tema "TYPESCRIPT: O que é, e por que começar a estudar?":

O mercado de trabalho para TypeScript

Fazendo uma pesquisa apenas no LinkedIn, é possível contar 3.000 vagas abertas hoje, no Brasil, para TypeScript. Ampliando a busca para o mundo todo, esse número chega a 164 mil vagas!

Este número expressivo de vagas abertas, sem dúvidas, ainda vai aumentar muito ao longo dos anos, considerando que a tecnologia está em constante expansão.

Uma grande vantagem relacionada ao mercado de trabalho em TypeScript é que este conhecimento pode ser utilizado como diferencial competitivo em vagas de JavaScript. Você não leu errado, JavaScript!

Em vagas de emprego que exigem conhecimentos de JavaScript, oferecer soluções em TS pode te diferenciar - e muito - perante outros profissionais. Afinal de contas, o código final, construído com TypeScript, é um código JS.

Sabe o que isso significa? Ainda mais possibilidades de emprego e diferencial competitivo para quem sabe usar TypeScript!

Como aprender TypeScript

Se você já domina lógica de programação e/ou tem conhecimentos de JavaScript, o próximo passo para se tornar um(a) dev reconhecido no mercado é aprender TypeScript.

Já temos alguns conteúdos que podem, de antemão, te auxiliar, tirando dúvidas e explicando as peculiaridades de TypeScript. Neste sentido, confira nossa aula ao vivo "Masterclass: TypeScript, a evolução do JavaScript":

Encontrar outros conteúdos esparsos na internet é uma possibilidade, e eles podem te ajudar nos primeiros contatos com a tecnologia TS.

Contudo, para aprender o tema com profundidade, o ideal é buscar conhecimento com profissionais do mercado, que utilizam o TypeScript em seu dia a dia e são capacitados para repassar este conhecimento.

E, nisso, podemos te ajudar!

Pensando na evolução do mercado de tecnologia, o TypeScript se mostra um ótimo recurso para alcançar novos níveis na carreira, se especializando e conseguindo ocupar uma das vagas disponíveis aqui no Brasil e quiçá no mundo. E, claro, não podíamos deixar de acompanhar essa sua evolução.

Nós, da Cubos Academy, montamos o curso de TypeScript perfeito para te ensinar a usar essa tecnologia com excelência!

Quer se matricular no nosso Curso de TypeScript?! Clique aqui e faça agora sua inscrição!

Saiba mais sobre a Cubos Academy em https://cubos.academy/!